segunda-feira, 30 de maio de 2011

Nas mãos de deus? Mas de qual deus?


Mas de qual deus?

Esta famigerada logomarca já virou febre entre os "evangélicos", podendo ser vista desde em forma de adesivos em carros e vidraças, até estampada em camisetas e fachadas de igrejas. Se me permites, gostaria de tecer alguns comentários sobre está nova febre.

Esta logomarca foi criada por uma seita de linhagem Wesleyana denominada "Igreja do Nazareno", e hoje é difundida e distribuída por todas as seitas pentecostais e, infelizmente, por alguns "batistas" também. Entre as heresias propagadas pela seita criadora desta logomarca, destaco [todos os pontos foram retirados da "declaração de fé" oficial desta seita]:

1. São arminianos. Creem que uma pessoa regenerada e santificada pode cair da graça, apostatar-se e a menos que se arrependa do seu pecado ficará eternamente perdida e sem esperança;

2. Creem na "santificação" Wesleyana, de onde surgiu a heresia do segundo batismo, base "doutrinária" do pentecostalismo. Esta doutrina afirma que devemos ser santificados no coração mesmo nesta vida, e que esse estado de santidade não se alcança na ocasião da justificação ou regeneração [CONVERSÃO], mas é recebido pela fé precedida pela inteira consagração e é operada pelo Espírito Santo [O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO, OU A SEGUNDA BENÇÃO] e pode ser atingido pela graça de Deus mesmo enquanto vivemos num mundo em que abunda o pecado;

3. Creem que o pecado original continua a existir na nova vida do regenerado, até que seja erradicado pelo batismo com o Espírito Santo (a tal "santificação" do item 2);

4. Creem que a santificação é operada pelo batismo com o Espírito santo e compreende numa só experiência a purificação do coração e a permanente presença íntima do espírito santo dando ao crente poder para uma vida santa e para serviço. Isto também é conhecido pelos termos: Perfeição Cristã, Perfeito Amor, Pureza de Coração, Batismo com o Espírito Santo, Plenitude da Benção e Santidade Cristã;

5. Creem que o batismo é um sacramento que significa a aceitação do benefício da expiação de Jesus Cristo e que pode ser administrado por aspersão, afusão ou imersão;

6. Creem que a ceia é um sacramento declarativo da morte sacrificial de Jesus;

7. Creem nas demais heresias pentecostais, tais como línguas, sinais, etc.

Isto pode parecer bobagem e fanatismo de minha parte, mas é através de modismos e "pequenas coisas" que o diabo, nosso adversário, se aproveita para invadir, saquear e destruir nossa Doutrina, Igrejas e Família, introduzindo heresias e um "outro evangelho".

Creio que como Batistas, devemos ser separatistas e estarmos alertas com todo este modismo "gospel penteca" que tem entrado em nossas Igrejas Batistas. As heresias dificilmente entram pela porta da frente de nossas congregações, mas pelas janelas e frestas abertas. Um pouco de fermento leveda toda a massa (Gálatas 5:9).

A serviço do Rei Jesus,

J.D. Berean

Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim (Mt 24:46)

5 comentários:

Cleber Olympio disse...

Bom artigo, embora não seja concorde em chamar qualquer denominação pentecostal de "seita", até mesmo porque a caracterização de uma seita é muito mais profunda do que simplesmente divergências doutrinárias. O principal problema da Nazareno não é apenas o arminianismo extremado, aquele que crê na perda da salvação em qualquer minuto da vida; e sim sua prática nefasta de "pescar em aquário alheio", fazendo de tudo para entreter os visitantes, sem contudo transformá-los, apenas para que integrem suas igrejas e lhe deem seus dízimos. Na cidade em que moro eles se alastram, e esvaziam igrejas menores para que sua sede, com mais de 5.000 membros, esteja sempre abarrotada de crentes rasos, fracos e sem fundamento, que vão atrás de uma "opção de vida". Outro grande problema é a americanização de sua denominação, em que tudo parece ser bom só se for "importado dos EUA": seminários, estrutura de culto e liturgia, corais e pastores que falam inglês, nomes de organizações internas tudo dos EUA (Nazateen, para os adolescentes, por exemplo). Tudo o que faça lembrar as megaigrejas estadunidenses, desprezando a cultura e as necessidades do nosso povo. Não devemos desprezar apenas o modismo do adesivo "Nas mãos de Deus", e sim qualquer tipo de modismo, pois estamos aqui de passagem, e não devemos ficar presos a uma cultura em que o homem é exaltado e o Evangelho é humilhado. Deus os abençoe.

Anônimo disse...

Tudo o que não é de fé é pecado(Rm 14.23b).Mesmo nas igrejas batistas, a leitura diária e oração já virou coisa de fanático e ultrapassado.Qual igreja batista hoje é sinceramente uma casa da pura pregação da Palavra de Deus?Em minha cidade, conta-se nos dedos de uma mão.Falo como batista, mas falo antes como servo de Deus.Ainda bem que nenhum batista ou denominacional herdará o Reino de Deus, mas somente aqueles que foram feitos filhos de Deus em Cristo, que nasceram da Vontade de Deus(Jo1.12).Todas as denominações ficarão de mal a pior, por incredulidade na genuína Palavra de Deus.
Renato Batista, Curitiba-PR.

Claudia Sunshine disse...

Olha, gostei de você fazer menção de "Nas Mãos de Deus - Mas de que deus?" Pois isto serve e muito para que estejamos refletindo em nossa vida. Porque geralmente não é de um dia para o outro que uma pessoa deixa de estar nas mãos do Deus altíssimo para passar a estra nas maõs de outro deus. Eu acho que temos sim é que vigiar. Também, costumo pensar que se a pessoa cair e não mais quiser seguir a Deus e O servir, é porque ela nunca foi salva realmente, de coração e mente conscientes de tudo o que envolve ser salva. Agora, que estas coisas americanizadas emporcalharam em geral as igrejas no Brasil, é fato, porque já vi seminários, inclusive já participei de um Veredas Antigas e Casados Para Sempre, que no final é uma gana para que quem participou desembolse algum $$$. É uma tática que muitos pastores jovens, pelo visto sob orientação do pastor mais velho no local, a manter a igreja ativa, com coisas "interessantes" para os membros participarem, ao invés de eles mesmos largarem de ser preguiçosos e passarem a ter vontade de visitar, saber se há algum problema numa família que gostariam de ajuda pastoral e etc. Mas pelo visto, estão "terceirizando" este tipo de cuidado com as ovelhas com estes seminários, com este tipo de ajuda... Pastorear assim é fácil, moleza, até eu, sem seminário sem nada... É revoltante, e falo isso porque tenho mais de 20 anos de convertida a Jesus e já congreguei em várias denominações por motivos de mudança de cidade até hoje. Sinceramente, a cada dia vejo que vão subir pouquíssimos mesmo ao Céu, a porta é estreita, bastante... mas para Deus ser Justo teria mesmo que ser estreita... E tudo isso Deus permite para provar os corações mesmo...

Eu hein, eu quero é vigiar e orar... Parabéns pela lembrança que este adesivo te deu e que você repassou aqui, irmão.

Em Cristo,

Claudia Paiva

http://blogdosultimos.blogspot.com

Anônimo disse...

Graças ao Bondoso Deus, por esse veículo maravilhos,e ao mesmo tempo perigoso, que é a internet.
Não conhecia este blog. Maravilha de irmão, homem inteligente e cauteloso. Ora, vejo a necessidade de diariamente, estarmos denunciando esse tal de "o outro evangelho", é um evangelho mau intencionado, falo do evangelho gospel. Hoje está tudo gospelizado, é forró gospel (e pentecostalizado), rock gospel (para atrair...ninguém sabe quem), hip hop gospel, pra tudo quanto é gosto. A verdade seja dita, os "crentes" deixaram o caminho da perseguição para adentrarem aos caminhos da acomodação e satisfação pessoal. Muitos irmãos deixaram de ser irmãos para serem primos de terceiro ou mais graus adiante, pastores, que deixam suas ovelhas penando no frio ou no escaldante sol, para buscarem para si, água fresca e boa cama.
Não tem Jesus razão ao dizer que: "por se multiplicar a iniqüidade, o amor de quase todos esfriaria? (Mt. 24: 12), e por conseguinte, virão "os falsos profetas, falsos pastores, falsos profetas, falsas religiões, falsas igrejas, falsos irmãos e falsos discípulos, para se for possível a esses, enganarão até aos próprios escolhidos (Mt. 24:24).
Por certo, se me for permitido dizer, digo que Deus está a gemer por herezias vividas por muitos e muitos "crentes", daqueles que "dizem: Senhor, Senhor, que não entrarão no Reino dos céus..." (Mt. 7).
É bom estar nas mãos de Deus, do verdadeiro Deus Forte, Conselheiro, Pai dda Eternidade e Príncipe da Paz", que cuja paz liberta aqueles que a essa paz conhecem (Jo. 8: 32).
Deixem a verdadeira Luz do céu entrar na vida de todos vós e somente Jesus, Única Esperança, tem para nós, vida abundante.
Parabéns J.D. Berean, Deus o abençõe e guarde.

E. C. da Silva
Pastor Batista e Mestrando em Teologia.

Anônimo disse...

A paz do Senhor Jesus. Isto é incrivel: ontem dia 25/11/11, uma certa igreja da "graça", realizou uma vigilia na tenda. O titulo da vigilia era A arca da salvação, quanta heresia, colocaram uma arca no pulpito, e encheram de nomes, dizendo que todos estavam sendo salvos. O poder estava na arca, é.....Jesus está as portas

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!
[Identifique-se com o seu nome e e-mail]

Siga por Email

Assine O Bereano

Seguidores