quinta-feira, 29 de abril de 2010

Combater o erro não é facultativo

Todo falso ensinamento deve ser odiado e combatido. O Novo Testamento nos diz que assim fez nosso Senhor e todos os apóstolos, e que eles se opuseram e advertiram as pessoas contra isso. Mas pergunto novamente: isto é realizado hoje? Qual sua atitude pessoal quanto a isso? Acaso é você uma daquelas pessoas que diz que não há necessidade dessas negativas, e que deveríamos estar contentes com uma apresentação positiva da verdade?

Subscrevemos o ensinamento prevalecente que discorda de advertências e críticas ao falso ensinamento? Você concorda com aqueles que dizem que um espírito de amor é incompatível com a denúncia crítica e negativa dos erros gritantes, e que temos de ser sempre positivos? A resposta mais simples a tal atitude é que o Senhor Jesus Cristo denunciou o mal e os falsos mestres.

Repito que Ele os denunciou como "lobos roubadores" e como "sepulcros caiados" e como "condutores cegos". O apóstolo Paulo disse de alguns deles: "… cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles". (Fp 3:19).

Esta é a linguagem das Escrituras.

Martin Lloyd-Jones
In: Jornal "Os Puritanos" Ano III Nº 3

Um comentário:

Walmir disse...

Disse Jesus:" Eu sou o caminho a verdade e a vida...". Não existem
maneiras "diferentes" de interpertação bíblica. A regra para tal, se chama Hermenêutica.Para a comunicação; temos a Homilética. São matérias comuns à qualquer credo, Seminário e faculdade teológica. Quem destes materiais e recursos se apropriam terão menos problemas com falsas teologias. Há também à disposição
de todos, recursos como Dicionários bíblicos, comentários
bíblicos(talvez aqui esteja um dos problemas). Saber escolher requer orientação dos mais experientes.
Temos Lexicom do Hebraico e do Grego, com a facilidade de serem interlinear; traduçao palavra por palavra para a nossa língua portuguesa. Não há desculpas para falsas interpretações. A apresentação positiva do evangelho não existe. O que existe é o evangelho Fast-food. Fácil de ser ingerido, atraente e gostoso.Porém;
pode ser indigesto e trazer enfermidades diversas. É bom evitar. A verdadeira teologia; bíblica, é transparente (não tem efeito camaleão); ela me expõem, me revela, me cura, me transforma
para melhor. Então porque camuflar esta verdade. Valer de tudo para crescer não é pensamento bíblico
Crecemos; à medida de nossa transparência. Crecemos; à medida dos nossos relacionamentos.
Falar a verdade pela Verdade é justo e eficaz. Assim foram os discipulos de Jesus. O prêço foi alto, mas não se venderam, não se curvaram à falsas verdades..."não
posso parar de dizer o que tenho visto e ouvido de Jesus"
Deus os abençôe e os encorajam a revelar para nós as verdades de Cristo. Sendo assim, sempre estaremos juntos.
Rev.Walmir Alves, pastor.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!
[Identifique-se com o seu nome e e-mail]

Siga por Email

Assine O Bereano

Seguidores