sábado, 31 de janeiro de 2009

Igreja do Evangelho Quadrangular

Foi fundada no Brasil pelo missionário americano Harold Williams em 1953 na cidade de São Paulo. Foi a inovadora em alguns pontos cruciais do pentecostalismo. Não eram tão intransigentes no uso da roupa e do cabelo como os assembleianos e os da congregação cristã. Seus cultos eram ainda mais desorganizados que o de seus antecessores. Deixando a recomendação de Paulo em I Tm 2.8-13, atropelaram as escrituras e ordenam mulheres para o ministério, dando a estas o titulo de pastoras. Seus templos estão situados principalmente no Sul e Sudeste do país.

"Irmã" Aimee Semple Mc Pherson (1890-1944):

Foi a indiscutível fundadora da "International church of foursquare gospel", que no Brasil, é chamada de "Igreja do Evangelho Quadrangular". O livro americano "The Dictionary Of Pentecostal and Charismatic Movements", a chama de "the most proeminent woman leader has produced to date". Em bom português, o livro a chama "a mais proeminente líder feminina, que o pentecostalismo produziu até hoje".

Se Aimee Semple Mc Pherson, foi uma proeminência, um fenômeno religioso, isto nem o mais ateu dos homens, pode discutir. Do nada, ela fundou um Igreja, com milhões de seguidores.

A sua vida religiosa, começou quando ela acompanhou o seu marido, numa viagem missionária até a China. Neste país, o seu marido adoeceu. Morreu logo à seguir. A jovem viúva, retornou para os USA. Nenhuma pessoa imaginaria o que viria a seguir.

Logo depois de voltar, ela se casaria com Harold Stewart Mc Pherson, era 1911. Este segundo casamento, foi um fracasso do começo ao fim. Aimee Mc Pherson era histérica, nervosa, negligente, preguiçosa. Além de tudo, traiu o seu infeliz marido. Nenhum de seus biógrafos sabe quantas dezenas de amantes Aimee teve enquanto o pobre Harold sofria. Ele finalmente pediu divórcio em 1921 (ver o livro de Eve Simson, The Faith Healer, página 36).

Em maio de 1926, Aimee Mc Pherson deu para sumir por uns tempos. No mês seguinte ela reapareceu no México, inventando uma fábula de que teria sido sequestrada. Na verdade toda a fábula era para evitar que percebessem que ela havia tido uma tórrida paixão, com muito sexo, com um homem casado chamado Kenneth Ormiston. O casal já havia sido visto antes numa viagem conjunta à Europa (sobre esta parte da vida de Aimee ver os livros "The Vanishing Evangelist", do autor Lately Thomas). Uma recepcionista de uma loja mostrou que Aimee e seu amante estavam na cidade de Karmel, Califórnia. Aimee "comia" o seu amante, ao tempo em que depois inventou à imprensa que estava sequestrada. Várias outras testemunhas mostraram terem visto as aventuras de Aimee. Enquanto isto, Aimee ia tendo cada vez mais seguidores.

Um ano depois deste escândalo, Aimee começou a enrolar os seus cabelos, a usar jóias, peles caras, usar vestidos curtos. Igualmente bebia muito e em público dançava, aproveitava a vida. Anos antes ela pregava contra tudo isto, garantindo o fogo do inferno a quem tivesse tais pecados. Agora, praticava aos montes estes terríveis pecados (ver o livro "Least of all saints". Autor: Robert Barh).

Em 1931, Aimee casou pela terceira vez. Desta vez o imbecil marido se chamava David Hutton. De novo veio divórcio, desta vez em 1934. Menos de três anos de infeliz união. Aimee casou já tendo um harém de homens. E virou ex-mulher de novo.

No livro, já citado, de Robert Barh tem uma foto de Aimee com alguns de seus seguidores. Ela aparece caída de bêbada no chão [estaria embriagada no "espírito"?]. Os seguidores se acham "batizados no espírito santo". E também no chão.

O livro "Sister Aimee", página 221, do autor Epstein, mostra as pregações religiosas de Aimee. Diante de grandes multidões ela pregava: "As suas desgraças serão destruídas. As suas doenças serão todas curadas. Basta apenas vocês acreditarem. Onde estiver o espírito de Deus, ali estará a sua cura."

Aimee avisava que a cura era parte do evangelho. Bastava ter muita fé e dar dinheiro a sua Igreja. Para se ter acesso à sessões de cura espiritual de Aimee, os crentes tinham que comprar um cartão e ali ficar na linha de cura de Aimee.

O livro "The Healing Question", do autor Arno Clemens Gaebelein, publicado em New York em 1925, editora Our Hope Publications, página 93, mostra um caso triste envolvendo Aimee Mc Pherson. O autor descreve o que viu:

"Uma jovem garota, usava um óculos. Uma das lentes era totalmente preta. Eu percebi que a menina era totalmente cega de um olho e quase cega do outro. Eu observei tudo o que ocorreu, sentado, bem perto de todo o ocorrido. Enquanto orações eram feitas para ela, a jovem menina, que parecia ter em torno de 11 anos de idade, chorou e contorceu-se toda. Em sua vontade de se curar, ela fazia todos os esforços para ser curada. Ela deixou o altar e houve um clamor público, iniciado por um dos obreiros presentes, de que ela teria sido curada. Ela gesticulou, dando a impressão que tinha sido curada. Uma hora depois, quando o culto pentecostal acabara, eu vi um grupo de mulheres agrupadas. De longe, naquele grupo, percebi a presença da garota "curada". Mandei minha esposa ver o que era e falar com a garota "curada", caso fosse necessário. Ela achou a garota supostamente "curada" caída no chão, chorando copiosamente, com as esperanças destruídas e o coração partido. Sua decepção era completa. Assim como a sua desilusão. A melhora da visão, que havia supostamente tido no altar, tinha sumido totalmente".

O autor Robert Barh, no livro "The Least of All Saints", diz muito bem dos últimos anos de vida de Aimee. Aimee ia aos poucos se viciando em drogas. Sua paixão por barbitúricos, se completava ao seu amor por homens na cama.

Amores à parte, ela tinha uma mãe. Ela se chamava Mildred (Minnie) Kennedy. A mãe ajudava a filha no milionário negócio evangélico. O "Angelus Temple" de Aimee era uma supermina de ouro em dinheiro. De fato, dividiam mãe e filha o dinheiro arrecadado dos fiéis. Tanto dinheiro que deu numa sucessão de brigas horríveis entre mãe e filha. Já em 1927, Aimee demitiu sua mãe do cargo que exercia na Igreja do Evangelho Quadrangular. Depois, por um curto período de tempo, Mildred voltou à administrar coisas na Igreja, pois a filha havia feito uma série enorme de investimentos fracassados. Uma briga entre mãe e filha teve como resultado Aimee quebrar o nariz da mãe com um forte soco (ver página 296, da obra de Robert Barh, já citada).

A ligação de mãe e filha terminava. O dinheiro e os escândalos de Aimee não. Em 1937, Mildred, apoiada pela neta Roberta, decidiu processar a filha Aimee. Não era a questão do nariz quebrado. O dinheiro era de novo o centro do processo. Aimee ganhou a questão.

Se Aimee ganhava cada vez mais dinheiro, com seu imenso e crescente império religioso, não ganhava paz de espírito. Cada vez mais, se entregava às drogas. Morreu de overdose em 1944. Deixou para a mãe a quantia de dez dólares, dizendo que caso ela contestasse isto, então não receberia nada (ver a obra de Robert Barh, página 282).

Sua vida e sua morte mostra a todos os possuidores de alguma inteligência que ela nada mais era que uma infame charlatona.

Dalton Catunda Rocha

Leia mais em: http://obereano.blogspot.com/2008/12/aimee-semple-mcpherson.html

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

As divisões do pentecostalismo

O pentecostalismo é um mal. Primeiro por que causa divisão. Segundo porque causa confusão. Só no Brasil são mais de duas mil denominações registradas em cartório como autenticas pentecostais. Por exemplo: A Assembléia nasceu em 1910. Só que hoje existe diversas Assembléias e todas nascidas de um racha dentro de outra Assembléia. A cristã é uma renovação da igreja presbiteriana. Mas hoje já existe a Cristã Renovada. Esse tipo de comportamento só serve para causar confusão. O método de aceitar membros de qualquer outra igreja, sem saber qual era sua vida na sua igreja de origem, faz com que prevaleça a desordem e a descrença denominacional.

Os pentecostais alegam que o aparecimento do Espirito Santo dentro das igrejas surgiu como resposta de Deus ao modernismo teológico (MP pg 04, 06-96). Quer dizer que o Espirito Santo tinha sumido das igrejas por quase dois mil anos? Poucos sabem, quando afirmam uma coisa dessas, que quando os pentecostais estavam renovando os trabalhos batistas no começo do século, estes mesmo "crentes frios", estavam dando suas vidas em campos missionários de todo o mundo. Antes de dividir as igrejas de Jesus seria bom que lessem Provérbios 6.19.

Gilberto Stefano

www.obereano.blogspot.com

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

"Bispa" faz ameaças e pede mais dinheiro

Uma semana depois do acidente na Igreja Renascer de São Paulo, quando o teto caiu e nove pessoas morreram, os bispos Sonia e Estevam Hernandes realizaram neste domingo um culto via satélite, diretamente de Miami, a cerca de mil fiéis que lotaram o Club Homs, na Avenida Paulista. Detidos nos Estados Unidos, os dois classificaram de fatalidade a tragédia e disseram que "irão se levantar contra os inimigos que nos perseguem".

- É bom não mexer conosco, ou nos levantaremos para perseguir nossos inimigos assim como nos perseguem - disse Sonia.

O culto foi realizado mesmo diante de multas aplicadas pela prefeitura, sob a justificativa de que a direção do clube não havia apresentado alvará de funcionamento.

- Estamos recebendo uma multa por hora. Sabe o que significa essa multa? Uma tentativa de impor humilhação à igreja - disse Estevam, aplaudido pelos fiéis.

Sonia dedicou cerca de 20 minutos do discurso para pedir ofertas aos fiéis. Enquanto pregava, funcionários da Renascer andavam por entre as cadeiras carregando máquinas de cartões de crédito e débito e sacolas vermelhas onde se colocavam os envelopes com dinheiro. Nele, o aviso: "Em caso de cheque, favor cruzar e colocar nominal à igreja. Pois assim diz o Senhor Deus: A farinha da panela não acabará". Em seguida, enquanto os fiéis davam dinheiro, a bispa [bispa?? o feminino de bispo não seria episcopisa?] pregou:

- Agora não tem mais minha nem sua, a oferta é nossa - disse ela.

Funcionários da igreja vigiavam os jornalistas que acompanhavam ao culto. Não era permitido tirar fotos. Na hora da oferta, os seguranças da Renascer reforçaram a vigília sobre os repórteres.

O Globo / pavablog.blogspot.com

"A farinha da panela não acabará." Já a vergonha na fuça acabou há muito tempo nas plagas (c/ trocadilho) apostólicas...

www.oberano.blogspot.com

A episcopisa e o apóstolo

Sei não, mas acho que a língua não abona a palavra "bispa". Há uma denominação muito mais antiga e correta, que sugiro seja adotada pela líder da Renascer: "episcopisa'. Já imaginaram a "Episcopisa Sônia" em sintonia com o Espírito Santo, exercendo a glossolalia em rede nacional de TV? "Bispo" vem do grego "epískopos" (vigia). E, até onde sei, não tem um feminino a não ser na versão mais culta da língua. Já a escolha de Hernades pelo termo "apóstolo" é herética. Apóstolos são aqueles que conviveram com Cristo, exceção feita a Paulo. Ou Hernandes esteve com o próprio Filho de Deus, que também é Deus, ou, a exemplo de São Paulo, recebeu um raio divino. O apóstolo, o de verdade, ficou cego - e depois recuperou a visão. Hernandes, até onde se sabe, enxerga longe.

Reinaldo Azevedo - Veja

www.obereano.blogspot.com

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Caiu o teto da "renascer" e ''Bispo'' explora a tragédia

Tão impressionante quanto o crescimento e enriquecimento das chamadas igrejas pentecostais é a capacidade que elas têm de tirar o melhor proveito pecuniário das piores situações. Quando, em 2007, foi preso no aeroporto de Miami, nos Estados Unidos, ao tentar entrar no país com US$ 56.427 escondidos numa Bíblia, em CDs gospel e em duas bolsas, embora tivesse declarado não portar mais do que US$ 10 mil cada um, o casal de bispos Estevam e Sonia Hernandes, proprietários da Igreja Renascer em Cristo, não perdeu a condição de conduzir e influenciar seus fiéis. Ao contrário, exercendo com maestria o papel de vítimas - do maléfico Satanás - o casal tem aparecido e comovido muito seus adeptos nos telões, via satélite.

Agora, usando de empréstimo o templo suntuoso para 5 mil pessoas da igreja evangélica Assembleia de Deus, no Brás, o casal de bispos diretamente de Miami - já que lá continuam cumprindo prisão domiciliar por conspiração e lavagem de dinheiro - reuniu 2 mil pessoas para um ato religioso, em homenagem às vítimas do desabamento do teto de sua sede mundial no Cambuci - pelo qual, ao que tudo indica, foram responsáveis diretos. Mas longe de fixar-se na dor da tragédia, o encontro transformou-se numa bem-sucedida promoção visando à arrecadação extra de recursos dos fiéis, destinada à reconstrução do templo e, se houver sobra, ao próprio enriquecimento.

"A imprensa que está aqui vai dizer que nós estamos pedindo uma doação especial. E estamos mesmo. Não é para mim, nem para a bispa, é para a glória de Deus" - disse Estevam Hernandes, concitando a todos : "Venham aqui, à frente do palco, apresentar as suas doações. Porque a quem dá, Deus não permite que falte nada." Imediatamente, o palco se encheu de doadores brandindo os seus envelopes cheios de dinheiro. A tragédia propiciara uma exploração reforçada. Mas o fato de enxergar o "lado bom" do infortúnio - até para estimular o espírito de reconstrução ou de renascimento - já fora mostrado pelo bispo, ao referir-se ao que lhe tinham dito algumas vítimas, por coincidência poucos dias antes das trágicas mortes - que ele "sentiu como se tivesse perdido nove filhos". Uma delas, Maria de Lourdes da Silva (67 anos), lhe dissera que queria morrer na igreja, porque "aqui, entre os mortais, há muito trabalho a ser feito, mas o melhor mesmo é estar perto de Cristo". E outra, Luiza da Silva (62 anos), que queria deixar todos os seus bens para a Renascer...

A capacidade de extrair alegrias e riquezas da dor, demonstrada pelo bispo Hernandes, não ficou nisso. Para cumprir seu objetivo de "renascer das cinzas" e "esmagar com nossos pés sangrando a cabeça do gigante Satanás que fez aquele teto da Lins de Vasconcelos desabar", o bispo anunciou uma produtiva programação de cinco cultos para domingo - às 8, 10, 15, 17 e 19 horas - que serão transmitidos via satélite de Miami, assim como uma marcha na qual "se tiver trio elétrico, melhor"...

Reportagem do Estado de quinta-feira dá conta do grau de receptividade dos fiéis da Renascer ao trabalho de arrecadação extra de seus dirigentes. "Doarei o dinheiro porque o templo não é do homem. Ele é do Senhor", disse uma dona de casa. Assim como ela, muitos outros seguidores da Renascer estão dispostos a atender ao que é solicitado no site da igreja na internet, com a indicação da conta bancária em que devem ser feitos os depósitos em favor desta. Certamente nesse ímpeto doador, que mobiliza até pessoas muito humildes, que pouco ou quase nada têm para doar, juntam-se três traços característicos do povo brasileiro, a saber, religiosidade, generosidade e ingenuidade.

O bispo renascentista confia tanto nessa ingenuidade que não hesitou em dizer aos seus fiéis contribuintes - sem enrubescer - que se pudesse "escolher o local para morrer, escolheria o altar dentro da igreja". "Essas vidas" acrescentou, referindo-se às extintas no desabamento, "estavam preparadas para a eternidade." "Deus levou aqueles que Ele desejava."

Nada disso motivará a bancada de vereadores evangélicos a exigir providências contra o descuido irresponsável na instalação dessas casas religiosas. Mas a administração municipal, o Ministério Público e a imprensa não podem se furtar a essa cobrança. Esperemos, então, que façam sua parte.

Estadão

www.obereano.blogspot.com

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Caiu o teto da "renascer"

Caiu o teto do templo, abalou-se a igreja!
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/caiu-o-teto-do-templo-abalou-se-igreja.html

Vizinhos não querem que "renascer" seja reconstruída no local
Associação de moradores diz que luta há dez anos para igreja sair. A igreja teria também se apropriado de uma área comum da vila. No número 1, nos fundos do prédio da sede da Renascer, a igreja construiu uma garagem e fechou o local com um portão, o que não poderia ter sido feito. “O portão é irregular, o espaço é da vila e transformaram em uso particular do pastor”, disse, informando ainda que o Ministério Público e o Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru) já solicitaram à igreja que a área seja restituída à coletividade. “O local está inclusive coberto com telha de amianto, o que também é irregular”, acrescentou o vendedor Marassore Roberto Moregola, de 66 anos, que mora na vila há 45. De acordo com ele, só quem usava o portão para acessar à igreja eram Estevan e Sonia Hernandes, líderes e fundadores da Renascer.
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/vizinhos-nao-querem-que-igreja-da.html

4 tetos da igreja Renascer que tem que cair
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/4-tetos-da-igreja-renascer-que-tem-que.html

Tudo farinha do mesmo saco!
Assembléia de deus cede templo no Brás para Renascer fazer culto para 2 mil fiéis e casal Hernandes se pronunciou publicamente via satélite dos EUA. Do telão, Sônia e Estevam Hernandes pediram dízimo para fiéis em SP.
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/assemblia-de-deus-cede-templo-no-brs.html

Doações para reconstrução ou para as vítimas?
Desde terça-feira, as pessoas que entraram no site da igreja se depararam, entre comunicados e avisos sobre cultos religiosos, com um quadro com o nome de um banco, agência e conta corrente onde deveriam ser realizados os depósitos para a reconstrução do templo.
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/doaes-para-reconstruo-ou-para-as-vtimas.html

Renascer tem pelo menos 10 templos em situação irregular!
http://noticiascristas.blogspot.com/2009/01/renascer-tem-pelo-menos-10-templos-em.html

 

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Não Julgueis Para Que Não Sejais Julgados. Como é isso?

Sobre O Juízo Temerário: Quem Somos Nós Para Julgar Alguém? (Mt 7.1-6; 23.1-36)

Cada vez mais tenho percebido que parte dos evangélicos estão vivendo um estranho tipo de Evangelho. O sensacionalismo bem como o emocionalismo catársico, fruto do chamado retété de Jeová tem ditado em nome do Espírito Santo comportamentos absolutamente contrários aos ensinos bíblicos.

Em nome da experiência, doutrinas e práticas litúrgicas das mais estapafúrdias tem se multiplicado em nossos arraiais. "Sapatinho de fogo, unção do cajado, do riso, do leão, da urina, galo que profetiza", entre tantas outras mais fazem com que ruborizemos diante de tanta sandice.

Talvez ao ler este texto você esteja dizendo com seus botões: quem somos nós para julgar alguém? A Bíblia nos ensina que não podemos julgar ninguém. Ora, quando o Senhor Jesus advertiu contra o juízo temerário (Mt 7.1-6), Ele não estava declarando pecaminoso e proibido toda e qualquer forma de juízo. Dentro do contexto de Mateus nosso Senhor nos induz a discernir quem é cão e porco para que não se desperdice a graça de Deus. Julgar não é pecado! Afinal o próprio Deus exerce juízo. Ele mesmo nos ordena exercer o discernimento, que diga-se de passagem é o dom mais ignorado, e talvez o mais odiado hoje em dia.

Cristo julgou os escribas e fariseus pelo seu comportamento hipócrita e doutrinariamente distorcido (Mt 23.1-36). Se o julgar não é o papel de um homem de Deus, então creio que tanto os profetas do Antigo Testamento como os apóstolos devem ser despidos deste título! O que falar então dos crentes de Béreia [Bereanos]? Ora, diz a Bíblia que eles não engoliam qualquer ensinamento, antes pelo contrário, verificavam se o ensino estava de acordo com a sã doutrina.

Como escrevi anteriormente vivemos hoje um sério apagão teológico, onde os mais variados distúrbios doutrinários são observados. Unção do riso; unção do leão; unção apostólica; unção da loucura; crentes de segunda classe; troca de anjo da guarda; arrebatamento ao 3º céu; festa dos sinais; night gospel song; sal grosso pra espantar mal olhado; maldições hereditárias; encostos; óleo ungido pra arrumar namorado; sessões do descarrego; “paipostolos”, monarcas da fé, coronéis apostólicos, música para o diabo, atos proféticos descabidos e burrificados, dentre tantas outras coisas mais, tornaram-se infelizmente marcas negativas dessa geração.

Como já escrevi inúmeras vezes, creio veementemente que boa parte dos nossos problemas eclesiásticos se deve ao fato de termos abandonado as Escrituras. Não tenho a menor dúvida de que somente a Bíblia Sagrada é a suprema autoridade em matéria de vida e doutrina; só ela é o árbitro de todas as controvérsias, como também a norma para todas as decisões de fé e vida. É indispensável que entendamos que a autoridade da Escritura é superior à da Igreja, da tradição, bem como das experiências místicas adquiridas pelos crentes. Como discípulos de Jesus não nos é possível relativizarmos a Palavra Escrita de Deus, ela é lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos.

O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na Bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro.

Em tempos difíceis como o nosso, precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento.

Soli deo Gloria

Renato Vargens

www.obereano.blogspot.com

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Igreja Universal do Reino de Quem?

O Brasil é um terreno fértil para a disseminação de heresias, apostasias, seitas estranhas, etc, isso não é novidade, pois o brasileiro tem o péssimo hábito de ser panteísta, ou seja, crê-se em tudo (analogia).

A IURD (Igreja Universal do Reino de deus) é uma seita neopentecostal que mistura ritos de outras seitas e religiões com a mesma velocidade que cresce seu patrimônio financeiro.

Quem teve a oportunidade de acompanhar o cenário religioso e político brasileiro nos últimos anos, sabe que a IURD tem um estratagema muito interessante no meio político e social, mas isso não a classifica como "de Deus", por vários motivos: - Seu negócio é dinheiro!

Cheia de promessas, indução forçada dos membros para contribuir, às vezes o tiro sai pela culatra, pois existem diversos processos na justiça de pessoas que foram enganados pelos líderes da IURD, como cita a reportagem http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0507200623.htm (precisa ser assinante do UOL ou da Folha para acessar).

Quem não se lembra dos escândalos que recentemente respingou a moral da IURD? E da guerra entre a Rede Globo e a IURD em 1995?

A Teologia da Prosperidade, base doutrinária da IURD, é uma farsa, uma heresia perniciosa... e isso faz parte até da educação e iniciação dos líderes da IURD... O Bispo Edir Macedo, em um vídeo, ensina como "tirar" dinheiro dos fiés (assista: http://br.youtube.com/watch?v=My6_faauym8 / http://br.youtube.com/watch?v=OazfTY0ZV4Q) e com a maior naturalidade, cita: "... se quiser ajudar, tudo bem, senão, que se dane... é dá ou desce..".

A Teologia da Prosperidade não tem base bíblica, porque:

a) A fé e a salvação já foi comprada com Sangue, portanto não há dinheiro que pague o sacrifício de Jesus;

b) Dar ofertas e dízimos é uma prova de fé e quem dá e espera receber algo em troca não está dando por fé, mas com intenção de obter algo em troca, ou seja, isso se chamava escambo antigamente e hoje se chama "troca de favores".

Alguns defensores dessa teologia citam Malaquias 3.10 e dão ênfase à parte final do versículo "... fazei prova de mim..." mas se esquecem que esse texto não se aplica à fé de dar dízimos, pois o dízimo era uma obrigação na época da Lei, hoje é uma necessidade (a igreja e o ministério vivem disso), mas nesse texto o contexto é que o povo de Israel estava se enriquecendo e abandonando a obra de Deus e isso se lê claramente no início do versículo 10 "... para que haja mantimento...", prova de que é uma advertência e não uma ordenança ou chantagem ("...é dá ou desce..."), podemos até fazer uma conotação com o versículo de Mateus 6.3 "Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita, não é necessário ninguém saber que você está ofertando, Deus, que tudo vê (e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente - versículo 6 ), é o único interessado". E quem faz algo para Deus e deseja ser reconhecido, leia o versículo 5 ("Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão").

Algumas questões sobre o dízimo:

- Uma contribuição para os Levitas (que exercem o ministério), pois eles (os Levitas) não tinham herança na terra, como se lê em Números 18 (ver 21.24);

- Dízimo não é só de dinheiro, mas de TUDO (nem dá para citar as referências bíblicas, são muitas)... no tempo de Jesus dizimava até hortelã, leia Mateus 23.23 e Lucas 11.42;

- Dízimo quer dizer 10% (dez porcento) e não vender casa, carro e entregar tudo pra igreja, isso é falta de sensatez (burrice, no bom português);

- Usou o dinheiro do dízimo? Pague os juros! Levítico 27, 31;

- Dízimo é prova de fé e amor - II Coríntios 9.7 Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Só essas questão são suficientes para desmascarar a hipócrita Teologia da Prosperidade... mas tem mais...

Pobreza não é sinal de operação de demônios, como pregam a IURD, Renascer e outras seitas neopentecostais, como podemos ler em Tiago 2.5 "Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?".

A razão de muitos empresários fracassarem é tudo menos demônios... muitos trocam de carro todo ano mas se esquecem de pagar as dívidas, seus fracassos são frutos da ingerência e incompetência financeira.

Deus não amaldiçoa ninguém, mas quem contribui com amor é abençoado não por contribuir, mas por fazer com amor, isso é uma prova de desprendimento dos bens materiais.

As bênçãos que Deus tem pra nós são espirituais, é salvar nossa alma.... as demais são conseqüências do nosso amor, nosso compromisso com Deus. Não foi por acaso que Jesus disse: "Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Lucas 12.31), acrescentar significa adicionar com algo que já existe.

Não existem NENHUM versículo na Bíblia que nos incentive a pedir riqueza para Deus, portanto a Teologia da Prosperidade é do diabo, o deus desse século.

Além dessa heresia, eles ensinam uma mistura de umbanda, espiritismo, judaismo e cristianismo, o que prova que eles não são "de Deus". Judeu, espírita e umbandista (ou dessa linha), e católico, não é cristão, nunca foi e nunca será.

A IURD vacila na sua base de fé, pois se autodenomina evangélica cristã e no entanto:

a) Seus ritos são cheios de sincretismo;

b) A tal "Sessão de Descarrego" é uma sessão de umbanda;

c) Os auxiliadores são ex-macumbeiros e se vestem com roupas brancas como macumbeiros;

d) Usam banho de arruda e outras ervas.

Ao se chegar na IURD antes de cada "sessão do descarrego" logo na entrada há uma fileira de mesas com toalhas brancas e vários "ex-pais e mães de encosto", todos vestindo roupas brancas é claro, dando "aconselhamentos e orientações" a quem desejar. Relata um visitante.

Segundo a IURD, a arruda é uma hortaliça criada por Deus, portanto, ao se tomar um dos sete banhos do descarrego, composto por suco de arruda, Deus estará criando no indivíduo uma nova criatura em Deus. Onde está isto na Bíblia??? Banho de arruda traz novo nascimento??? O novo nascimento é o termo usado como definição de salvação. O uso de arruda é comum em religiões de origem africana, devido a crença de
que o seu cheiro forte afastaria encostos, mau-olhado. O novo nascimento, a salvação, é um processo espiritual, que envolve fé e não obras (Ef 2:8-9; 1Pe 1:9; Rm 5:1-2). Novo nascimento não vem com processos ritualísticos externos de purificação, e Jesus condenava estes processos (Mc 7:1-23). Se você tomar banho de arruda, você vai ficar mal-cheiroso, e até poderá afastar os mosquitos, mas espiritualmente continuará igual, e o que importa é nascer de novo, caso contrário, continuará a caminho do Inferno, e nem toda a arruda do mundo poderá salvá-lo.

Além desses fatos supra citados, existem as entrevistas com os demônios e as revelações dos "pastores" que são, no mínimo, estranhas. As revelações são sempre sobre prosperidade, sobre alguém dar alguma coisa, alguma desgraça que não seja evitada com uma boa oferta, etc, etc... mas e o pecado? Esse profeta não revela os pecados, os enganadores, os fraudadores, maldizentes?????? Isso se encaixa no perfil de pastores condenados por Deus em Isaías 56.11 "E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte". E Jeremias 14 ".... profetas que pregam o que o povo quer ouvir".

A IURD ensina que Macumba "pega" em cristão? Tenho 2 bons motivos para afirmar que NÃO: 1) O diabo não tocou em Jó sem o consentimento de Deus; 2) Quem é de Deus o maligno não toca nele (a não ser que não seja realmente um cristão). II Tessalonicenses 3.3: "Mas fiel é o SENHOR, que vos confirmará, e guardará do maligno". I João 5.18: "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca". O diabo só toca no cristão quando Deus permite.

A IURD usa simpatias em suas Sessões de Terapia do Amor. O iniciado compra uma das alianças para participar, depois vai até à igreja, passa por uma coluna de casais (obreiros), todos vestidos à caráter (como noivos), depois de "ungida" a tal aliança, a pessoa coloca essa aliança debaixo de seu travesseiro por 7 dias.... e em 7 dias, a pessoa alcança a benção, ou seja, arruma-se um companheiro!!!! Isto é uma simpatia ou não é?

Perguntas que não se calam!!!!

a) Como os líderes da IURD conseguiram trazer tanta água do Rio Jordão? Tanta areia de Israel (do monte Sinai)?

b) Eles são judaizantes? Se não, porque usam os ritos do Judaísmo?

c) São espíritas? Se não, porque usam os ritos do Espiritismo?

d) Têm algum pacto com os demônios? Então por que os demônios lhes respondem às perguntas e dão conselhos em suas Sessões de Descarregos?

Diante desses fatos podemos afirmar que a IURD pode até ser universal (que mistura e aceita várias raças), pode até ser do reino (cujo rei é desse século) mas de Deus nunca foi nem nunca será!

José Ferreira Neto

www.obereano.blogspot.com

sábado, 10 de janeiro de 2009

A enganação de Satanás em algumas igrejas nos tempos atuais

Igreja Mundial do Poder de Deus

Fundada por Valdemiro Santiago de Oliveira, seu líder principal, que se nomeou apóstolo, é baseada no engodo das promessas de curas e milagres e maravilhas. A pregação da prosperidade é fundamentada de acordo com a quantidade de ofertas. O seu programa televisivo não foge desse padrão. Vem dos quadros da IURD. Em sua página na Internet, no link "Em que cremos", a declaração ali exposta é fraquíssima, mostrando desinteresse proposital de um comprometimento sério para com a sã doutrina. Permite pastoras na igreja. O culto à pessoa do líder é evidente [os adeptos enxugam com uma toalha o suor do "apóstolo" e levam para casa, crendo que tem poderes milagrosos] quando se acessa a página da Loja Virtual.

Igreja Internacional da Graça de Deus

Fundada por Romildo Ribeiro Soares (R. R. Soares), formou essa igreja após se separar da IURD. Possui um programa de TV intitulado Show da Fé. Realmente, o título é perfeitamente cabível: não passa de um show. Uma de suas pregações é baseada no princípio do direito que temos de exigir de Deus o que Ele nos prometeu, uma tamanha heresia que não tem fundamento bíblico. No link http://www.ongrace.com/cursofe/licoes.php?id=3 prega que "usar a famosa frase Se for a tua vontade, na oração, é simplesmente demonstrar ignorância completa sobre o que a Palavra de Deus diz em relação à bênção que está sendo pedida." E "Para sermos curados, não precisamos orar, jejuar ou ficar pedindo a todo mundo que ore por nós". Entre os livros vendidos pela Graça Editorial, estão os de Kenneth E. Hagin, em quem se manifestava um tal de espírito da serpente, manifestação ocultista e altamente satanista.

Igreja Universal do Reino de Deus

Fundada por Edir Macedo, suas técnicas de persuasão são psicológicas e perigosas, tomando conta da mente das pessoas. Evidenciam bastante as obras sociais. Realizou neste final de ano de 2008 a Santa Ceia especial de Natal, particularidade do catolicismo. Como não possuem nenhuma mensagem bíblica, baseiam seus cultos, além dos já famosos e enganadores curas e milagres, em conceitos como fogueira santa, passar debaixo do manto, banho de descarrego, e outras praticas ocultistas. Seu site contém poucas informações.

Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo

Só de permitir em seus quadros uma pastora, a auto intitulada apóstola Valnice Milhomens Coelho, dispensa maiores comentários. Há uma pregação em seu site sobre igreja em células, Ação Social, e Arte e Adoração. Como não estão ligados à sã doutrina, precisam inventar mil formas de prender os incautos em seus ensinamentos. São judaizantes e adeptos do G12.

Minha intenção era de pesquisar com profundidade as inúmeras formas e ardis que Satanás inventa para enganar com ilusões, ensinando um falso evangelho que leva ao caminho do inferno, em específico através das inúmeras e falsas igrejas ditas evangélicas. Mas ao começar a pesquisar, já me senti enjoado com tantas enganações que pregam. O volume é enorme, assustadoramente enorme, de igrejas desse tipo. E isso sem contar as que nem possuem site, inúmeras que estão espalhadas pelo Brasil afora.

É preciso frisar também que os desvios doutrinários já se inseriram, cada vez com evidências mais fortes e reais, disfarçados de cristianismo, e cada vez mais satânicos, cheios de ocultismo e feitiçaria, dentro das conhecidas igrejas tradicionais, em menor ou maior grau conforme a igreja.

E nem comentei acima sobre as Bíblias falsificadas, e sobre a horrível, diabólica e demoníaca música gospel. Naquilo que falam e fazem em si mesmos se condenam.

Não devemos deixar de exortar, denunciar, instruir quanto ao desvio da sã doutrina que enganosamente, sorrateiramente e assustadoramente cresce no mundo e em nosso país, e que Deus levante homens para esse fim e propósito.

[extraído]

www.obereano.blogspot.com

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Embriagado no Espírito?

O alegado reavivamento que está ocorrendo em vários círculos carismáticos/pentecostais atualmente é caracterizado por estranhos fenômenos não bíblicos tais como risos incontroláveis, cair no espírito, gritos, movimentos descontrolados e EMBRIAGUEZ ESPIRITUAL. Um dos pais desse movimento, Rodney Howard-Browne, chama a si mesmo de o "garçom do Espírito Santo".

Um dos atuais centros desse "reavivamento" é a Assembléia de Deus em Pensacola, Flórida. John Kilpatrick é o seu pastor. Falando em um encontro do distrito das Assembléias de Deus da Península da Flórida em novembro de 1996, Kilpatrick declarou que estava tão "embriagado no espírito" que corria em seu carro para se encontrar com o seu pastor da mocidade e que acabou se chocando com muitas latas de lixo que estavam no meio fio da estrada. "Ele disse que sua esposa estava tão embriagada que ela não podia nem cozinhar. Ele estava tão profundamente embriagado em seu estupor que teve que ser levado do serviço em uma cadeira de rodas." (The Inkhorn, January 1997). Kilpatrick afirma que sente como se tivesse 10.000 libras sobre si quando a "glória de Deus" vem a ele. Declarou ainda que: "minha nora teve que despir minha esposa e meu filho despiu a mim e nos puseram na cama. Nós não nos mexemos durante toda a noite. Era como se nós nem mesmo tivéssemos ido ao banheiro." (The Plumbline, April-May 1997).

Amigos, isso não é o Espírito Santo, isso é o espírito do engano.

Os chamados "embriagados no espírito" não são encontrados em nenhuma parte das Escrituras. Esses que promovem o reavivamento do riso abusam de forma grosseira do capítulo 2 de Atos intencionando provar que os Apóstolos estavam embriagados no Espírito no dia de Pentecostes. Isto é um absurdo. Os que disseram que os discípulos estavam "cheios de mosto" eram zombadores que estavam tentando ridicularizar o milagre de línguas [idiomas] que estava acontecendo (Atos 2:13). Esses não disseram que os discípulos estavam embriagados porque eles estavam cambaleantes, caindo ao chão e falando desarticuladamente, mas sim por causa dos muitos idiomas que estavam sendo usados para pregar o Evangelho nesse dia por causa que eles procuravam difamar os apóstolos. Em sua resposta a esses caluniadores, PEDRO DISSE CLARAMENTE QUE ELES NÃO ESTAVAM EMBRIAGADOS (Atos 2:15). Em Efésios 5:18 Paulo CONTRASTA embriaguez com o ser cheio do Espírito. O bêbado não se controla mas está sob o poder de uma substância estranha. Em contraste, o cristão que é cheio do Espírito totalmente controla a si sob a direção do Espírito Santo. Absolutamente não há nenhum caso no Novo Testamento do Senhor Jesus Cristo ou dos Apóstolos ou dos cristãos primitivos cambaleando e caindo em um estupor de embriaguez, incapaz totalmente de obedecer as suas obrigações necessárias, como esses do reavivamento do riso estão experimentando.

O CRISTÃO É ORDENADO A SER SÓBRIO EM TODO O TEMPO (1 Ts. 5:6,8; 1 Tim. 3:2,11; Tt 1:8; 2:2,4,6; 1 Pe. 1:13; 4:7; 5:8).

Se por outra razão eu rejeitaria esse reavivamento só por essa base: "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;" (I Pe 5:8)

David Cloud
[Publicado com a devida autorização - por escrito - do autor]


www.obereano.blogspot.com

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Indiana Jones e os caçadores de unção!

No Brasil do Gospel, existem unções para todos os tipos de gosto. Unção do riso; unção apostólica; unção do cachorro; unção dos quatro seres viventes, unção do anjo; unção do tombo; unção da loucura, e agora a mais recente de todas, a unção do toque do ungido. Infelizmente a internet tem divulgado nas últimas semanas um vídeo onde um pastor conta em detalhes como recebeu uma nova unção da parte de Deus tocando num "grande" profeta do senhor.

http://www.youtube.com/watch?v=y5XSZdfadgc&eurl=http://forumevangelho.forumeiros.com/assuntos-diversos-e-de-outras-religioes-f3/cacadores-de-uncao-t101.htm

Pois é, confesso a você que depois de tanta criatividade, achava que nada mais me surpreenderia, no entanto, sou obrigado a admitir que a inventividade de alguns evangélicos é absolutamente inacreditável.

Sinceramente não sei aonde vamos parar. O que fizeram com o evangelho de Cristo? O que fizeram com a sã doutrina? Será que nos tornamos caçadores de unção? [já não chega os caçadores de deus?!]. Do jeito que a coisa anda, daqui a pouco poderemos protagonizar o roteiro do próximo filme da série "Indiana Jones" cujo título seria: "em busca da unção perdida."

Caro leitor, esse não é e nunca foi o evangelho anunciado pelos apóstolos. Antes pelo contrário, este é o evangelho que alguns dos evangélicos fabricaram! Infelizmente, a Igreja deixou de ser a comunidade da palavra de Deus cuja fé se fundamenta nas Escrituras Sagradas, para ser a comunidade da pseudo-experiência, do dualismo, do misticismo e do neo-maniqueismo!

Ah, meu amigo, confesso que não aguento mais a efervescência da graça barata, o mercantilismo gospel, a banalização da fé. Não suporto mais, as loucuras e os atos proféticos feitos em nome de Deus, não suporto mais o aparecimento das mais diversas unções em nossos arraiais.

Chega! Basta! Quero viver e pregar o evangelho integral, quero ver uma igreja santa, ética, justa e profética; quero ver uma igreja que não se corrompe diante loucuras dessa era; quero ver uma igreja compromissada com a Palavra de Deus, fazendo dela sua única regra de fé.

Soli Deo Goria!

Renato Vargens [grifo nosso]
renatovargens.blogspot.com

www.obereano.blogspot.com

Siga por Email

Assine O Bereano

Seguidores